Abraão, o grande patricarca

 

 

ABRAÃO,  O GRANDE PATRIARCA

 

 

 

A pequena biografia que apresentamos aqui é baseada nos registros bíblicos de Gênesis, entre os capítulos 11 e 25.

 
O nome original desse patriarca era ABRÃO, filho de Tera, nascido na antiga cidade de Ur dos Caldeus, ao sul da Babilônia. A cidade estava situada na margem direita do Rio Eufrates, e para que possamos ter uma ideia melhor da localização, isso fica atualmente entre a atual cidade de Bagdá (Iraque) e o Golfo Pérsico. 
 
Abrão era descendente de SEM, por isso ser chamado de semita. Seu povo servia a outros deuses babilônicos, mas aí aconteceu um fato que desestruturou a vida de Abrão, mudando o direcionamento da história das civilizações a partir daí: O Deus Soberano, Criador dos céus e da Terra chamou a Abrão e lhe ordena que saia da sua localidade e vá para Canaã, levando seu pai, sua esposa Sarai e o sobrinho Ló. Deus lhe promete que ele viria a ser o pai de uma grande nação.
 
Obedecendo, Abrão passou a residir em Harã. Porém, um período de fome naquela localidade fez com que Abrão fugisse provisoriamente para o Egito, retornando depois para Canaã. De comum acordo, resolveu separar-se do sobrinho Ló, passando Abrão a morar em Hebrom.
 
Mais tarde, avisado por Deus sobre a destruição a acontecer com Sodoma e Gomorra, Abrão resgata Ló e sua família de lá, para que fosse salvos da morte. Em seguida, Abrão encontra-se com Melquisedeque e depois vê todas as promessas de Deus serem renovadas numa aliança.
Embora conhecedor da promessa de que seria pai de uma grande nação, Abrão deixa-se convencer por sua esposa a buscar um filho com a escrava Agar, culminando com o nascimento do filho ISMAEL. 
 
Deus faz com que Abrão passe a se chamar ABRAÃO, e sua esposa como SARA, quando estabelece a circuncisão como sinal da Sua aliança com Abraão, e lhe promete que terá um filho com a esposa Sara.
 
 
 
Com o nascimento de Isaque, Abraão dá-se conta do erro em ter buscado um filho com a escrava da esposa, quando decide mandá-la embora com seu filho Ismael. Para provar a fé de Abraão, Deus lhe sugere que sacrifique o seu filho único Isaque, mas no momento exato em que ele cumpriria a ordem divina, Deus o impede.
 
 
 
Com a morte de Sara, Abraão se casa com Quetura, com quem veio a ter muitos filhos. Ao mesmo tempo, manda buscar uma esposa para seu filho Isaque, antes de falecer aos 175 anos, sendo sepultado na mesma tumba de Sara.
 
A seguir, o mapa da época do patriarca Abraão, mostrando a sua jornada de Ur até Canaã
 
 
 
 
AUTOR

Walmir Damiani Corrêa
 

Por: Walmir Damiani Corrêa

Publicado em 17/09/2013

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2020