A história protestante no Brasil

 

A HISTÓRIA PROTESTANTE NO BRASIL

UMA VISÃO RÁPIDA E SEGURA

 

 

1500 — Em 22 de abril chegam ao Brasil Pedro Álvares Cabral com a Armada Portuguesa, composta de dez naus e três velas.

1500  —  Em 26 de abril, Dom Henrique Soares de Coimbra celebra a primeira missa no Brasil.

1517  —  O eloquente teólogo alemão Martinho Lutero, aos 34 anos, dá início à Reforma Protestante do Século XVI, acompanhado, mais tarde, pelos teólogos João Calvino e Zuínglio.

1538  —  Começam a chegar ao Brasil os primeiros escravos africanos, com toda a sua religiosidade, sofrendo na pele a barbárie portuguesa.

1540  —  A Igreja Católica Romana inicia a Contra Reforma, junto à fundação da Companhia de Jesus, sob o comando do basco Inácio de Loyola. As duas reformas alteram o clima religioso na Europa, influenciando, também, o mundo religioso do Brasil.

1549  —  Desembarcam na Bahia os seis primeiros missionário jesuítas, acompanhados do primeiro governador do Brasil, Tomé de Souza, além do padre Manoel da Nóbrega.

1517  —  Em 10 de março é realizado o primeiro culto em solo brasileiro, tendo como local a Baía de Guanabara. O Pastor calvinista Pierre Richier, com 50 anos, prega sobre o Salmo 27:4. Entre a realização da primeira missa e do primeiro culto evangélico, houve um espaço de 57 anos.

1517  —  Em 21 de março, é organizada a primeira igreja evangélica brasileira. 

1558  —  Em 9 de fevereiro houve o primeiro massacre promovido pelos protestantes no Brasil, quando Villegaiggnon, chamado de “Caim da América” manda estrangular três pessoas de fé reformada, cujos corpos foram jogados ao mar. Essas pessoas se transformaram nos primeiro mártires evangélicos no continente.

1654  —  Termina a invasão holandesa. Durante 24 anos foram organizadas 22 igrejas, contando com o trabalho de 54 pastores, 120 presbíteros e vários diáconos.

1809  —  A Sociedade Bíblica Britânicas começa a editar a Bíblia em português, através da versão de João Ferreira da Silva, que falecido em 1691.

1822  —  Em 26 de maio, sob os protestos do núncio papal Lourenço Coleppi, inaugura-se no Rio de Janeiro o primeiro templo protestante em solo brasileiro, mas sem a aparência de templo, como exigia o Tratado de Comércio e Navegação de 1810.

1822  —  Em 7 de setembro é proclamada a independência do Brasil, por Dom Pedro I, dando início ao período imperial.

1824  —  É promulgada a Constituição Política do Império do Brasil. O seu quinto artigo garantia a Igreja Católica Romana como a religião oficial do Império, mas permitindo os cultos domésticos de outras religiões, sem a utilização de templos. Esse formato de templo tratava da proibição de torres com sinos e cruzes no seu bojo. É nessa época que chega ao Brasil a primeira leva de alemães, a sua maioria de confissão luterana.

1837  —  Chega ao Brasil o missionário metodista Daniel Kidder.

1855  —  Chega ao Brasil, em caráter permanente, o missionário escocês Dr. Robert Kalley, da Igreja Congregacional, acompanhado de sua esposa Sarah Kalley.

1859  —  Em 12 de agosto chega ao Brasil o missionário presbiteriano Ashbel Green Simonton.

1864  —  Começa a circular no Brasil o primeiro jornal evangélico, por iniciativa do missionário presbiteriano Ashbel Green Simonton.

1882  —  Chegam ao Brasil os primeiros missionários batistas, vindos do sul dos Estados Unidos.

1889  —  Neste ano, chega ao Brasil a última denominação considerada como protestante histórica, a Igreja Episcopal, de comunhão anglicana.

1889  —  O Marechal Deodoro da Fonseca proclama a República do Brasil.

1910  —  O italiano Louis Francescon funda em São Paulo A Congregação Cristã do Brasil, a primeira igreja pentecostal brasileira.

1911  —  Os missionários suecos Gunnar Vingren (32 anos) e Daniel Berg (27 anos) chegam em Belém do Pará, onde começam a organização da Assembleia de Deus no Brasil.

1948  —  É organizada a Sociedade Bíblica do Brasil.

1915  —  Fundação da Igreja do Evangelho Quadrangular em solo brasileiro.

1962  —  É fundada em São Paulo a Igreja Deus é Amor, por David Miranda.

1977  —  A fundação da Igreja Universal do Reino de Deus, pelo Bispo Edir Macedo, projeta o início do neopentecostalismo brasileiro, 

 

 

FONTES PESQUISADAS

 

LENZ César, CARINS, E.; GONZALES, J.L.; GOUVEIA; TIMOTHI, G.; WALTON, R.

 

AUTOR DA PESQUISA

Pr. Carlos Augusto Lopes

 

 

 

Por: CARLOS AUGUSTO LOPES

Publicado em 24/03/2015

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2020