Bêbados na igreja

 
BÊBADOS NA IGREJA

 

 

É triste? Claro que é! Mas, convenhamos, quando um bêbado vê uma igreja movimentada, com um culto bem alegre, ele sempre quer entrar lá, pois sabe que é um lugar que recebe bem a todos. Se sua cabeça encachaçada ainda consegue pensar em perdão, salvação, etc., isso não sabemos, mas eles GOSTAM de frequentar os cultos e as missas.
As histórias narradas a seguir podem ser verdadeiras, ou simplesmente adaptadas a algum acontecimento assistido por quem escreveu.

 


QUEM QUER IR PARA O CÉU?


O culto ia se desenvolvendo, e o pastor falava sobre salvação:
― Jesus nos espera! A salvação é para todos! Quem quer ir para o céu, levante a mão!
Apenas uma pessoa não levantou a mão e o pregador perguntou curioso:
― Você não quer ir para o céu, meu amigo?
O indivíduo, que estava meio chapado, respondeu:
― Quando eu morrer, eu até quero. Mas eu pensei que era uma excursão pra esta semana e eu estou meio sem grana.


A OPERAÇÃO DE JESUS


O bêbado ia passando por uma igreja orgulhosamente pentecostal, parou para ver aquela gritaria lá dentro e aproximou-se da porta. Perguntou ao porteiro:
― O que é que está acontecendo aí dentro?
― Jesus está operando!
— Sim, mas ele não está usando anestesia???


BÊBADO DEVOTO


O padre interpela um bêbado na escadaria da igreja, pronto para lhe descascar o maior sermão, quando esse o interpela:
― Péra aí, seu padre! Eu sou católico... E tenho muita devoção!
― Ah, é? Devoção a qual santo?
― A dois: São Duíche, quando tô com fome e São Risal, quando tô de fogo.


MEDO DE ALTURA


Um pastor estava pregando numa congregação de bairro, falando sobre as possibilidades de se ir para o Céu. Empregava termos do tipo “voar”, “ser levado”, enfim, como deveria ser a “viagem para o Alto”. Nisso, um bêbado, no fundo da congregação, reclamou em voz alta:
— Eu não quero ir para o Céu. Eu tenho medo de altura!


METE A PEIXEIRA!


Essa situação improvável foi vivida pelo Pr. Paulo Corrêa, na Assembleia de Deus de Santos/SP. O pastor se queixava para a plateia sobre a ausência dos membros nas reuniões daquela igreja:
—  Irmãos, o que é que devemos fazer com o obreiro que não aparece em reuniões, não aparece nos cultos de Ceia... O que é que devemos fazer com esse obreiro, meus irmãos?...
Um bêbado sentado nos últimos bancos, respondeu bem alto:
—  Mete a peixeira nele!!!


BÊBADO METIDO


Num culto numa praça, o pastor insistia em expulsar um demônio de um homem que, desde o início da reunião, chamava a atenção das pessoas ao seu redor.
― Sai, demônio!  Sai, em nome de Jesus!  Sai, Satanás!
Um bêbado se aproxima para assistir àquela confusão, não entendendo o porquê da insistência do pastor. Dirige-se para o endemoniadas e diz:
― Sai, não, gente boa!  A praça aqui é pública.

 

O BÊBADO E O PADRE

O bêbado resolve entrar em uma igreja. O padre, quando viu aquele bêbado entrando, resolveu dar mais uma “força” no seu sermão:

— Irmãos, quem não for a favor da bebida que se sente agora!

Todos se sentaram e o bêbado gritou:

 

— Aí, heim, seu padre!  Só nós dois heim!?


SÓ BÊBADO ENTRA NO CÉU

 

"Quando bebemos, ficamos bêbados; quando ficamos bêbados, dormimos; quando dormimos, não cometemos pecados; quando não cometemos pecados, vamos para o céu.  Portanto, vamos ficar bêbados para ir ao céu!"  (Brian O’Rourke)

 
 

AUTOR DESCONHECIDO

 

Por: Walmir Damiani Corrêa

Publicado em 28/05/2015

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2022