John Wesley

 

JOHN WESLEY

O FUNDADOR DO METODISMO

 

 

 

BIOGRAFIA RESUMIDA 

 

John Wesley nasceu em 17/06/1703 em Epworth (Inglaterra), e faleceu em 02/03/1791, portanto com 88 anos de idade. Ele era filho do casal Samuel e Suzana Wesley.

Pelo fato de não ser muito querida pela sua comunidade religiosa, a família Wesley foi vítima de alguns ataques violentos, como o incêndio criminoso à reitoria, de onde John, com apenas cinco anos de idade, foi retirado das chamas por dois homens corajosos. Desenhou-se ali, que aquele menino estava predestinado a ter uma missão especial, por parte de Deus.

Ele foi criado num país onde o Cristianismo estava definhando em todos os seus segmentos. Ao invés de influenciar, o Cristianismo passava a receber influências negativas e perigosas, dada a degeneração moral vigente. 

Wesley fazia parte dessa minoria inconformada, no tempo em que estudava na Universidade de Oxford, pois pertencia a uma família evangelizadora de Epworth, cidade distante de Londres. Como líder universitário, formou um grupo que lutaria por um testemunho fiel da fé cristã, ao invés de acomodar-se ao ceticismo e libertinagem reinantes, tudo de acordo com as bases da Igreja Anglicana. Por causa da intensidade de seus atos, os membros desse grupo passaram a ser ridicularizados, e ser apelidados de METODISTAS, por causa do empenho com que abraçavam suas lutas pelos pobres, pelos doentes e pelos presos. 

Quando estava com 35 anos, John Wesley passou por uma experiência espiritual extraordinária, que aconteceu na rua Aldersgate, em Londres, assim narrada por ele:

 

"Cerca das nove menos um quarto, enquanto ouvia a descrição que Lutero fazia sobre a mudança que Deus opera no coração através da fé em Cristo, senti que meu coração ardia de maneira estranha. Senti que, em verdade, eu confiava somente em Cristo para a salvação e que uma certeza me foi dada de que Ele havia tirado meus pecados, em verdade meus, e que me havia salvo da lei do pecado e da morte. Comecei a orar com todo meu poder por aqueles que, de uma maneira especial, me haviam perseguido e insultado. Então testifiquei diante de todos os presentes o que, pela primeira vez, sentia em meu coração".

 

Como um clérigo da Igreja Anglicana, John Wesley não considerou aquele sentimento como a conversão de um infiel a Cristo, mas um aprofundamento nos seus entendimentos sobre o que significava ser um cristão. 

Quanto a Wesley ser considerado o fundador da Igreja Metodista, é bom que se diga que o movimento metodista demorou décadas para se organizar como igreja, o que só aconteceu pouco depois da morte desse homem. 

O fato interessante a ser destacado é que diante desse fato, constata-se que John Wesley morreu como anglicano, apesar se ser considerado o pilar do Metodismo, sem nunca chegar a pertencer a Igreja Metodista. 

Para encerrar, vale dizer que em meio aos milhões de cristãos comprometidos em cada geração, um punhado deles destaca-se por uma proeminência especial, e entre esses encontra-se a pessoa de John Wesley, que apresentava um estilo inovador como um pregador itinerante pioneiro. E um intenso interesse pela Mensagem de Deus em alcançar todas as classes da sociedade.

 

PESQUISA

Walmir Damiani Corrêa

Por: Walmir Damiani Corrêa

Publicado em 08/12/2016

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2018