A água não lava tudo

 

A ÁGUA NÃO LAVA TUDO

 

Um pregador do Evangelho chegou a um povoado, e durante uma das conferências ofereceu um prêmio a qualquer pessoa que conseguisse lavar um pedaço de carvão até que o mesmo ficasse branco.

Diversos meninos experimentaram essa operação e na noite seguinte trouxeram ao pregador os resultados. Um menino tinha insistido nessa tarefa o dia inteiro, empregando diversas qualidades de sabão, água fria, depois água quente, e também usou soda e vários outros produtos para lavar o carvão. É desnecessário dizer que todos os esforços foram em vão, pois os pedaços de carvão permaneciam tão pretos como estavam no princípio.

Deste modo tão simples, o evangelista mostrou ao povo que certas coisas não podem ser lavadas por meio da água. 

 

O BATISMO NÃO LAVA PECADOS

 

Aqueles camponeses entendiam que quando um sacerdote derramava algumas gotas de água na cabeça de uma criança, esta ficava purificada do pecado, passando a ser idônea ser filha de Deus e herdeira do céu. Essa doutrina, embora comum, carece do apoio tanto da Escritura como da lógica, e da experiência da vida. Os nossos corações são pretos de todo, como o carvão, e nenhuma cerimônia exterior pode purificar o pecado que está em nós. Nós precisamos da purificação pelo sangue de Cristo, e isto só pode acontecer quando o pecador vem a Jesus por sua própria vontade, acreditando que Ele seja o Salvador que morreu pelos nossos pecados.

O batismo não pode purificar os pecados, nem fazer-nos idôneos para Deus, nem tornar-nos Seus filhos. Os que se julgam “cristãos” pelo fato de serem batizados, estão muito enganados, confiando numa coisa que não tem base alguma. O batismo tem, na verdade, o seu valor na vida daqueles que já são discípulos de Cristo e salvos pela sua fé n’Ele, mas não tem valor algum para produzir um cristão, nem para purificar os seus pecados. 

 

O SANGUE DE JESUS LAVA PECADOS

 

Só há um remédio para o pecado, um meio de purificar o coração, e isso está escrito nestas palavras do apóstolo João: “O sangue de Jesus Cristo, Filho de Deus, nos purifica de todo o pecado.”  Aquela vida santa e imaculada de Jesus, derramada sobre a cruz em sacrifício por nós, purificou todo o pecado, e todos os que, verdadeiramente arrependidos do seu pecado, recebem a Jesus como seu Senhor, crendo n’Ele como Filho de Deus e confiando unicamente na Sua obra consumada na cruz, são perdoados gratuitamente, e se tornam limpos diante de Deus.

As nossas obras de religião, a nossa caridade, os bons sentimentos, a boa vontade para com o próximo e uma sincera crença em Deus, são coisas que, embora ótimas em si mesmas, não são purificadoras e nem conseguem nos fazer idôneos diante de Deus.

Diz a Escritura Sagrada: 

“Não há diferença; porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; sendo ainda justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus, ao qual Deus propôs uma propiciação pela fé no seu sangue, para demonstração da Sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo também justificador daquele que tem fé em Jesus.” (Romanos 3:22-26)

Sim, Jesus Cristo, pela Sua morte expiatória, satisfez as justas exigências da lei de Deus contra nós, os pecadores. Ele morreu, o Justo pelos injustos, para levar-nos a Deus. Ele purifica e salva a todo o pecador arrependido que crê e confia em Cristo, fazendo dele uma “nova criatura”, um verdadeiro “filho de Deus”. Diz a Bíblia, com respeito aos crentes:

“Não pelas obras, mas segundo a Sua misericórdia nos salvou, pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que abundantemente Ele derramou sobre nós por Jesus Cristo nosso Senhor.” (Tito 3:5)

 

AINDA HÁ TEMPO

 

Caro amigo leitor, sabemos que a vida é efêmera e veloz, mas apesar disso, vivemos completamente descuidados com o futuro. Pensamos em tudo, mas esquecemo-nos de que temos um encontro marcado com a morte. Não sei a tua idade, se és novo ou velho, menina ou senhora, mas uma coisa eu sei e disso tenho a certeza, é que tens uma alma que é eterna e que um dia há de deixar este mundo e terá que prestar contas a Deus, o seu Criador.

“Crê no Senhor Jesus e serás salvo.” (Atos 16:31), diz a Palavra de Deus, a Bíblia, e ainda o convite do Senhor Jesus dirigido a todos, inclusive a ti: “Vinde a mim, todos vós cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para as vossas almas.” (Mateus 11:28,29)

Leitor amigo, hoje tens a oportunidade de ver qual será o destino da tua alma no além. Pensa um momento, porque está escrito no Evangelho de João 3:18: “Quem nele crê [Jesus] não é condenado, mas quem não crê, já está condenado, porquanto não crê no Unigênito Filho de Deus.”

Não há outro meio pelo qual te possas salvar, senão pela fé no Filho de Deus e no sacrifício feito por Ele na cruz do Calvário, pois diz o apóstolo Paulo: “Só há um mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” (1 Timóteo 2:5)

O momento presente passa e não volta. Decida qual a posição que preferes: condenado e perdido eternamente, ou salvo e bem-aventurado para sempre?

PUBLICAÇÃO

World Wide Christian Literature, Inc.

 

 

 

 

 

 

Por: AUTOR DESCONHECIDO

Publicado em 20/05/2017

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2019