Raquel e Lia, as esposas de Jacó

 RAQUEL e LIA

AS ESPOSAS DE JACÓ
 
 
 
 

 
 
INTRODUÇÃO
 
 
 
 
Qualquer bom leitor da Bíblia conhece a história de Abraão e Sara, a dificuldade que tiveram em ter um filho até velhice extrema. Vamos lembrar, então, que Abraão teve apenas um filho (Isaque), herdeiro que também herdou as grandes promessas da parte de Deus, como aquela da descendência parecida aos grãos de areia do mar e as estrelas do céu. 
 
Do casamento de Isaque com Rebeca nasceram os gêmeos Esaú e Jacó, que viveram momentos de desavença e engano, diante de sua mãe Rebeca e seu pai Isaque. 
 
Quando chegou a hora de Jacó se casar, seu pai Isaque procedeu da mesma forma como o pai Abraão tinha feito com ele. O problema é que a região onde moravam era infestada por povos infiéis, distantes de Deus, e por isso não era bom que os rapazes descendentes de Abraão buscassem esposas naquele meio. 

Como os parentes de Isaque moravam longe, na Mesopotâmia, com Labão, que possuía filhas, Isaque mandou que seu filho Jacó viajasse até lá para tratar do assunto.
 
Chegando ao poço de Harã, Jacó tirou informações de pessoas que estavam ali, perguntando sobre a localização da casa de Labão. Como Raquel, a filha mais nova dele estava chegando ao poço, as pessoas a  mostraram, para que Jacó conversasse diretamente com ela.
 
Jacó se apresentou para Raquel, fala abertamente sobre o motivo da vinda dele ali e aí começa a nossa história, a história de Raquel e de Lia.
 
 
 
 
 

RAQUEL e LIA
 
 
 
 
 
Jacó, com Raquel, chegou à casa de Labão, onde contou suas intenções, e obteve toda aprovação do futuro sogro, que era primo de seu pai. Permaneceu um mês trabalhando com ele, e depois sentaram para conversar e “acertar” as coisas a partir daquele momento. 
 
As duas filhas de Labão eram diferentes: Lia, a mais velha, tinha olhos apagados, mas Raquel, a mais nova, tinha um porte e semblante muito bonitos. Claro que Jacó, sempre esperto, preferia Raquel, e então fez a” proposta” para o futuro sogro: “Eu te servirei por sete anos de trabalho para ter Raquel, a mais nova, como minha esposa.” 
 
Labão aparentou alguma indecisão, mas logo aprovou o pedido de Jacó, ficando claro que ele só teria Raquel por esposa depois de acabar os sete aos de trabalho. Acabando os anos combinados, Jacó exigiu de Labão que entregasse Raquel como esposa. 
 
Labão, talvez por ser parente de Jacó, também era muito esperto. Na noite de núpcias, no momento em que Jacó iria se deitar com Raquel, Labão mandou que Lia, a mais velha, tomasse o lugar de Raquel, aproveitando que o quarto estava todo escuro. Só de manhã Jacó se deu conta de que fora enganado. Ao reclamar com o sogro, Labão lhe disse que o costume daquelas terras era que a primeira a se casar deveria sempre ser a mais velha.
 
Labão, contudo, fez uma nova proposta para Jacó. Passada a semana de núpcias com Lia, ele lhe daria TAMBÉM a Raquel como esposa, mas Jacó deveria  trabalhar mais sete anos, é claro!
 
E Jacó continuou a trabalhar, mas já vicendo com as duas esposas. Lia, a mais velha, passou a engravidar seguidamente, nascendo em sequência Rúben, Simeão, Levi e Judá. Ela exultava pela fartura de filhos, enquanto que sua irmã Raquel não conseguia engravidar.  
 
Raquel, entretanto, não conseguindo mais viver nessas condições, pediu que seu marido se deitasse com sua serva Bila, e assim ela passaria a ser mãe. E aconteceu!  Nasceu um menino de Bila, que recebeu o nome de , e depois outro, que foi chamado de Naftali.
 
Parece uma brincadeira de crianças, mas Lia, não conseguiu mais engravidar, depois dos seus quatro filhos. Esperta, ela tomou sua serva Zilpa e mandou que ela também se deitasse com Jacó. Resultou disso um filho, que recebeu o nome de Gade. Zilpa engravidou de novo, e o nome foi Aser,
 
Resumindo, Lia conseguiu ficar grávida de novo, três vezes seguidas, com seus filhos  IssacarZebulom e uma filha chamada Diná.
 
Alguém pode pensar: O que será que Deus estaria pensando dessas duas?  Não sabemos, mas Deus ainda permitiu que Raquel conseguisse ficar grávida, mais duas vezes: nasceram José e depois a Benjamin, o mais novo de todos, já nas terras de seu marido, em Gileade.
,
 
 
 

ESPERTEZA X ESPERTEZA
 
 
 
 
 
Com a filharada que foi aparecendo, Jacó começou a sentir vontade de voltar para a sua terra, e procurou o sogro para que liberasse sua vida e de seus filhos e mulheres, depois de quase 15 anos ausente. Labão, manhoso como sempre, começou a alegar que não conseguiria cuidar sozinho de sua propriedade, tentando convencer Jacó a continuar ali.  
 
Jacó, então, deu a cartada final, propondo para o sogro que ficaria ali trabalhando, mas parte do rebanho poderia passar para a sua propriedade, ou seja: os animais salpicados e malhados, os cordeiros negros e também as cabras malhadas e salpicadas existentes no rebanho. O mesmo iria acontecer com os que nascessem dali em diante, com aquelas aparências.
 
Labão concordou, e imaginamos que tivesse um sorrisinho no canto da sua boca, ao imaginar o pouco que sobraria para seu genro. O problema é que o tiro saiu pela culatra, pois a partir dali só nascia bichos salpicados, listrados e negros! 
 
Jacó logo percebeu o ódio nas expressões de Labão e seus filhos, sentiu-se ameaçado e planejou fugir com seus enormes rebanhos, esposas e filhos. O próprio Deus mandou que Jacó fizesse isso. Jacó estava cansado dos problemas criados por seu ardiloso sogro.
 
Levando tudo que lhe pertencia, Jacó começou sua viagem, fugindo em direção às montanhas de Gileade, sendo perseguido e alcançado por Labão e seus homens. Houve muita dificuldade de acordo, mas finalmente Labão resolveu voltar para sua casa e deixar que Jacó, suas filhas e netos pudessem ir para onde quisessem. 
 
Como já dissemos acima, Raquel deu à lua a Benjamin quando chegou às terras da família de Jacó, e morreu durante o parto.
 
Para encerrar, lembramos que juntando os filhos nascidos de Lia, de sua escrava Zilpa, de Raquel e de sua escrava Bila, eram todos em número de 12, exatamente as 12 tribos de Judá, que depois dividiriam as terras prometidas por Deus para Abraão.   
 
 

AUTOR DA PESQUISA
 
 
Walmir Damiani Corrêa
www.elevados.com.br
 

 

Por: Walmir Damiani Corrêa

Publicado em 02/07/2020

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2020