Diferenças entre Saul e Davi

 

DIFERENÇAS ENTRE

SAUL E DAVI

 

 

As mulheres, dançando, cantavam umas para as outras, dizendo: Saul feriu os seus milhares, porém Davi os seus dez milhares. Então Saul se indignou muito, pois essas palavras lhe desagradaram muito, e pensou: Dez milhares deram a Davi, e a mim somente milhares. Na verdade, o que lhe falta, senão só o reino? Daquele dia em diante, Saul trazia Davi sob suspeita.   (1 Samuel 18:7-9)

 

 

O INÍCIO DO PROBLEMA


 
Saul sempre foi amigo de Davi, vivam juntos, comungavam juntos as mesmas coisas... Um dia, ao voltarem de uma batalha, as mulheres, nos festejos, usadas pelo Espírito Santo, louvavam a Davi, cantando que enquanto Saul feria milhares, Davi feria dez milhares.

Diante da manifestação pública, Saul começou a achar que só faltava a coroa para que Davi lhe tomasse o lugar. Tudo parecia bem, mas havia sentimentos adormecidos.

 

A INTERFERÊNCIA DE DEUS


 
Eu não tenho dúvida de que foi Deus quem colocou aquele cântico nos lábios das mulheres, pois estava percebendo os tais sentimentos adormecidos que não apareciam.  Deus costuma criar situações, oportunidades para que tais sentimentos fluam, apareçam, sejam descobertos.
 
A vida de Saul era como uma garrafa cheia de água parada, aquela que mantém sujeirinhas no fundo.  Enquanto não se mexer na garrafa, ela mostrará um conteúdo muito limpo, mas ao ser sacudida, mostrará tudo o que estava adormecido bem no fundinho, bem escondido, realidade que quase ninguém poderia perceber.
 
Deus mexe com o orgulho, torna público todo aquele sentimento ruim de Saul, sentimento que ninguém percebia. Deus oportunizou a verdade através do cântico das mulheres. Como se diz na gíria, “cutucou a onça com vara curta.”.
 
Mas não foi só Saul a ser provado, pelo que percebemos no versículo 9. A partir dessa situação, Saul passou a perseguir Davi, tudo sob a permissão de Deus. E Davi passa a ser provado na sua fé, no seu respeito pelos mandamentos de Deus.
 
 
 
 
 
 
A LUTA EXPÕE SENTIMENTOS OCULTOS
 
 
 
Nesses momentos de luta, de provação, é normal que o nosso coração se exponha mais, mostrando certas fraquezas que em situações normais conseguiríamos esconder bem entro de nós. 
 
Tudo vai muito bem até o momento em que somos aplaudidos, até o momento em que recebemos apoio por todas as partes. Porém, como Deus nos conhece bem, cria situações para que nos mostremos por inteiro, para que a nossa máscara caia diante de todos.
 
Quando nossas vidas são revolvidas por Deus, temos atitudes que pareciam sumidas, que pareciam estar extirpadas da nossa vida. Sempre que essas coisas começam a acontecer, é porque Deus está por trás disso. Os valores de Deus não podem conviver com os valores carnais.

 

OS VALORES DE DEUS

 

Esses valores não podem crescer junto com espinhos e abrolhos. Deus precisa varrer nossa sujeira, para que nosso coração fique limpo, e que a sujeira seja retirada dali. E Ele faz isso porque quer nos libertar dessas práticas alheias à Sua vontade.
Davi foi provado por Deus através de Saul, e saiu aprovado! Saul, por sua vez, foi provado por Deus através das mulheres, e não foi aprovado.

 

DIFERENÇAS ENTRE DAVI E SAUL


 
O texto que lemos em 1 Samuel 30:6 diz que Davi se apoiava no seu Deus, coisa que Saul não permaneceu fazendo. A prova disso é que Deus o destruiu. Quantas vezes Davi perdoou a Saul! Davi, por sua vez, sempre o respeitou como um rei ungido por Deus. Hoje Deus pode estar nos provando também, e nossa postura correta é buscar o Seu apoio e sairmos aprovados dessa luta.
 
 
 
AUTOR
 
Pr. Bartolomeu Severino de Andrade
 
 
 
 
Esta pregação aconteceu em 03/05/1992, tendo por local a Igreja ADI, em Tubarão/SC. Os trabalhos de gravação, formatação e edição foram produzidos por Walmir Damiani Corrêa  —  www.elevados.com.br.
 

Por: Bartolomeu de Andrade

Publicado em 06/04/2014

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2022