Vamos deixar de ser crianças

 

VAMOS DEIXAR DE SER CRIANÇAS

 

 

A esse respeito temos muito o que dizer, mas de difícil interpretação, porque vos tornastes tardios em ouvir. Com efeito, devendo já ser mestres, por causa do tempo decorrido, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de alimento sólido. Ora, todo aquele que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é criança. Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as faculdades exercidas para discernir tanto o bem como o mal. (Hebreus 5:11-14)

 

Há gente que gosta de um forró evangélico, mas tem pavor de enfrentar um estudo bíblico. São crianças: o versículo. 12 fala de infantis, bebês espirituais. Conselho. Então, vamos deixar de ser crianças!  

Vejamos um contraste entre o cristão criança e o cristão adulto: 

 

CRISTÃO CRIANÇA

 

O cristão criança não tem experiência suficiente no ensino da justiça, da qual fala o versículo 13, que comenta sobre os imaturos que não compreendiam a natureza da obra de Cristo. Não haviam entendido a doutrina da justiça de Deus. 

Dikaiosynê é o nome da doutrina da justificação. Podemos comparar esses cristãos àqueles que vivem no “leitinho espiritual”, o bebê que ainda espera ser mimado. Na visão deles, “Fui salvo; agora é só bênção!”. Eles Nunca se firmam e não compreenderam as implicações da dikaiosynê de Deus, a graça outorgada em Cristo. 

Crer, para eles, é possuir coisas. Querem comprar as bênçãos de Deus, como Simão, o Mago de Atos 8:18-20. Vivem agitados porque desconhecem os efeitos da justificação (Romanos 5:1 e João 14:27). Vamos deixar de ser crianças?

 

CRISTÃO ADULTO

 

Já o cristão adulto é mais desenvolvido, possuindo um caráter maduro e conseguindo discernir entre o bem e o mal. (v.14). Eles não são ingênuos.

Infelizmente, existem muitos cristãos ingênuos por aí, pessoas que Idolatram homens corruptos, ávidos por dinheiro, e se zangam quando esses servos de Mamom são criticados pela voracidade. Desde o tempo do Novo Testamento constata-se a presença desses enganadores (1 João 2:26 e 4.1). 

Precisamos ter senso crítico para que possamos entender os homens do nosso século. “Falou de Deus, falou o que é certo!” (1Tessalonicenses 5:20-21).  Ahmadinejad, o conturbado ditador iraniano disse que o venezuelano Hugo Chávez voltará em glória com Jesus e com Imam Mahdu, um muçulmano ilustre.  Não basta falar em Deus. É preciso falar o que é correto sobre Deus. Vamos deixar de ser crianças?

A exortação do autor de Hebreus em busca de uma fé madura (Hebreus 6:1-4) diz que é tempo de prosseguirmos para a maturidade, deixando o básico para trás. Vamos deixar de ser crianças? Acabemos com a preguiça de aprender e de progredir!

 

AUTOR

Pr. Isaltino Gomes Coelho Filho, 2013

www.isaltino.com.br

 

Por: Isaltino Gomes Coelho Filho

Publicado em 23/05/2014

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2022