Dez razões bíblicas para que eu não seja um mórmon

 

DEZ RAZÕES BÍBLICAS PARA

QUE EU NÃO SEJA UM MÓRMON

 

Este estudo foi extraído de um folheto impresso pela Sociedade Brasileira de Folhetos, da cidade de São Paulo, pertencente à Literatura Bíblica Internacional.

Vamos ver, na íntegra, o que esse estudo nos ensina.

 

RAZÃO 1

 

Os mórmons não consideram a Bíblia Sagrada como a infalível Palavra de Deus, por isso não podemos ter comunhão com eles. Segundo está registrado no Artigo 8º do seu livro “Declaração de Fé, a Bíblia Sagrada não foi traduzida corretamente, e o “Livro de Mórmon” também é considerado a Palavra de Deus.

REFUTAÇÃO BÍBLICA: Como crentes, acreditamos que o Antigo e o Novo Testamento são a Palavra de Deus verbalmente inspirada, a autoridade final para a nossa fé e vida, sem erros no original, a Palavra infalível e inspirada por Deus. Nosso alicerce para tal posição pode ser encontrada em textos como 2 Timóteo 3:16,17, 2 Pedro 1:20,21 e em Mateus 5:18.

 

RAZÃO 2

 

Os mórmons ensinam que Deus possui um corpo físico, sendo apenas um “homem glorificado”. O Livro “Doutrinas de Joseph Smith” (página 345) afirma que Deus já foi como nós somos agora e o livro “Doutrinas & Convênios” (131:22) confirma que o Pai tem um corpo de carne e osso como o dos homens normais.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  A Bíblia garante que Deus não é homem (Números 23:19), que Ele é o Espírito a ser adorado (João 4:24) e que, assim, não pode ter nem carne e nem ossos. (Lucas 24:39)

 

RAZÃO 3

 

A terceira razão da falta de equidade entre as Escrituras e os ensinos mórmons é que eles defendem o fato de Cristo e Satanás serem irmãos. O livro “Doutrina” de Bruce McConkie, nas páginas 163 e 164 afirmam que Lúcifer é o “Filho da Alva”, o nosso irmão mais velho e também irmão de Jesus Cristo.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Ao, contrário, a Bíblia ensina que Lúcifer é um ser criado por Deus, considerado somente até o dia da sua queda. Se lermos o versículo Ezequiel 28:15 entenderemos o seguinte: “Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti.”  Se consultarmos o versículo 16 do primeiro capítulo da carta aos Colossenses, aprendemos o seguinte: “Em Cristo foram criadas todas as coisas, nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.”   Onde está registrado que esse ser era irmão de Jesus?!?

 

RAZÃO 4

 

Como os mórmons sempre praticaram a poligamia, eles resolveram levantar a hipótese de que Jesus Cristo tinha se casado e que também tinha praticado a poligamia. O volume 2 do Jornal dos Discursos (página 80) afirma que a festa acontecida em Caná da Galileia (João 2) estava celebrando o casamento do próprio Jesus. A mesma literatura, nas páginas 50 e 51 diz que Jesus era filho natural de Adão com Maria e descarta sua geração pelo Espírito Santo. Encerra afirmando que Jesus não teve pai porque fora a primeira pessoa na família humana.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  De acordo com o Evangelho de João, no início só havia o “Verbo” e que Ele estava com Deus, e que Ele também era Deus, fazendo-se carne e habitando entre nós. Observemos em Lucas 1:34:35 que Sua mãe Maria ficou sem entender a mensagem que recebera do anjo, que viria a ser mãe mesmo sendo virgem, não tendo coabitado com nenhum homem. Ali o ano afirmou com todas as palavras que o Espírito Santo desceria sobre ela e consumaria o milagre. 

 

RAZÃO 5

 

Outra razão que não nos permite concordar com os mórmons é a de que a Igreja Primitiva tenha deixado de existir até o século XIX, quando nasceu Joseph Smith, que passou a receber certas mensagens.  O livro “Doutrinas e Convênios” (20:1) chega a definir o dia 06 de abril de 1830 como a data exata da restauração da Igreja, por Joseph Smith. 

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Em Mateus 16:18 lemos Jesus declarando a seus discípulos que sobre Ele estaria sendo edificada a Sua Igreja e que a as portas do inferno não tocariam nela. Mais tarde, o apóstolo Paulo confirmaria que nenhum outro fundamento haveria, além de Jesus, sobre aquela igreja. (1 Coríntios 3:11). Quando escreveu aos efésios (2:20), Paulo confirmou que a Igreja se fundamentava sobre os apóstolos e profetas, mas sendo Cristo Jesus a pedra principal da edificação.

 

RAZÃO 6

 

O Evangelho anunciado pelo mormonismo não tem nada a ver com o Evangelho de Jesus Cristo. Segundo o Tratado dos SUD sobre o livre arbítrio e o livro “Declaração de Fé” (Artigo 4), seu evangelho prega a fé, o arrependimento, o batismo, o recebimento do Espírito Santo através de imposição de mãos, a moralidade, a lealdade, o dízimo, a Palavra de Sabedoria, o dever, o casamento celestial para sempre. 

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Observemos Paulo ensinando na primeira carta aos coríntios (15:1,3,4), lembrando-lhes que o Evangelho já anunciado por ele fala que Cristo morreu pelos nossos pecados, foi sepultado, mas ressuscitou em três dias. Está tudo aí o que interessa! Quando Paulo escreveu aos crentes da Galácia, advertiu que rejeitassem qualquer outro evangelho diferente daquele que receberam da sua boca, pois fatalmente seria algo maldito.

 

RAZÃO 7

 

É outra razão séria! Os mórmons defendem a salvação através de um batismo feito por procuração.  De onde veio isso?  Foi da má interpretação que fizeram do versículo 29 do capítulo 15 da primeira carta aos coríntios, que diz assim: “Que farão os que se batizam por causa dos mortos? Se absolutamente os mortos não ressuscitam, por que se batizam por causa deles?”

REFUTAÇÃO BÍBLICA: Imaginem se Paulo iria praticar um batismo pelos mortos!!! Observemos que Paulo não se incluiu na ordem, pois usou o pronome “eles” e não o pronome “nós” ou “vós”. Veja que Paulo está fazendo uma pergunta e não uma declaração!!!  “E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez e, depois disso, o juízo [...]" (Hb 9:27)

 

RAZÃO 8

 

Voltando aos mortos, os mórmons ensinam que na qualidade de “Santos dos Últimos Dias” eles precisam investigar genealogicamente os mortos. O livro “Doutrinas e Convênios” 128:24 ensina que eles devem promover uma oferta de justiça, registrando seus mortos, ato que será digno de toda aceitação.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Isso é o que chamamos de “caminhar para os lados”. Na primeira carta a Timóteo, o apóstolo Paulo ensina que não devemos perder tempo com historinhas, genealogias sem fim. Na carta a Tito, ele explica melhor, dizendo que esses fatos só geram discussões insensatas.

 

RAZÃO 9

 

Para os mórmons, existem no meio deles profetas modernos, e suas revelações continuam até os dias atuais. Tanto é assim que eles reivindicam que Joseph Smith tenha recebido de João Batista o Sacerdócio Araônico. Também reivindicam que o Sacerdócio de Melquisedeque e o Apostolado foram restaurados logo depois, no ano de 1829. Isso está registrado em “Doutrinas e Convênios 13.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Se o que dizem não está em linha com o que nos ensina as Sagradas Escrituras, precisamos mostrar.  O apóstolo Paulo, na carta aos hebreus diz que Deus outrora falou muitas vezes e que depois falou através do Seu Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e através de quem fez o universo. O texto Deuteronômio 18:20,22 apresenta claramente o método bíblico para que se comprove a idoneidade de um profeta.

 

RAZÃO 10

 

Vamos à última razão que faz com que eu não consiga comunhão com as ideias dos mórmons. Eles ensinam que a salvação depende das obras que praticarmos e de que aceitemos sem intransigências a liderança espiritual do seu profeta Joseph Smith. No volume 1 do livro “Doutrinas da Salvação” (página 91) eles chegam a afirmar que qualquer pessoa que rejeite o testemunho de Smith não conseguirá entrar no reino de Deus.

REFUTAÇÃO BÍBLICA:  Que negócio é esse?!?  Nós aprendemos na Bíblia que a salvação só acontece através de Jesus Cristo: “[...] porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.” (Atos 4:10-12)  “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2:8,9)

 

F O N T E

Sociedade Brasileira de Folhetos

São Paulo,SP

 

 

 

Por: AUTOR DESCONHECIDO

Publicado em 18/09/2015

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2021