O mundanismo está entrando na igreja?

 

O MUNDANISMO

ESTÁ ENTRANDO NA IGREJA?

 

 

 

 NOTA DA REDAÇÃO 

 

Ao navegarmos pelo FACEBOOK, tivemos a grata surpresa de ver uma garota evangélica de Tubarão/SC provocando uma discussão sobre o tema “O mundo está entrando na igreja?”

Tal pergunta pode suscitar uma série de mal-entendidos e, consequentemente, uma série de controvérsias.  A garota poderia estar provocando uma discussão que viesse de encontro à opinião da maioria dos jovens que atrair “novidades” para a igreja, ou poderia estar querendo aprender com pessoas experts no assunto como fazer para combater tal prática na sua igreja.

Apesar do nosso site possuir um perfil contestador, vamos nos calar e apenas registrar a opinião de uma das pessoas que entrou na discussão, um pastor evangélico de Juiz de Fora (MG), opinião que julgamos bastante procedente e resultado de conhecimento da Palavra de Deus.

Para deleite dos nossos leitores, aí vai o pensamento do Pr. Renato Corumbá.

 

O mundo está entrando na igreja, mas o Evangelho não está entrando nas pessoas do mundo. Digo isso porque:

Eu vejo as festas entrarem na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos festeiros;

Eu vejo ringues entrarem na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos lutadores;

Eu vejo o secularismo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos secularistas;

Eu vejo a política entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos políticos;

Eu vejo o materialismo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos materialistas;

Eu vejo o antropocentrismo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos antropocentristas;

Eu vejo o judaísmo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos judaizantes;

Eu vejo o farisaísmo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos fariseus;

Eu vejo o corporativismo entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos corporativistas;

Eu vejo o preconceito entrar na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos preconceituosos;

Eu vejo os lobos entrarem na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos lobos;

Eu vejo os pecadores entrarem na igreja, mas não vejo o Evangelho entrar nos pecadores;

Chego a esta conclusão simplesmente porque onde o Evangelho entra, ele transforma. O evangelho transforma:

Festeiros em adoradores;

Lutadores em apoiadores;

Secularistas em piedosos;

Políticos em pregadores;

Materialistas em generosos;

Antropocentristas em teocêntricos;

Judaizantes em cristãos; 

Fariseus em devotos;

Corporativistas em anticorporativistas;

Preconceituosos em misericordiosos;

Lobos em ovelhas;

Pecadores em santos.

 

Quando eu vejo uma pessoa regenerada, nascida de novo, eu vejo claramente que o Evangelho entrou nessa pessoa. Veja:

"Não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego". (Romanos 1:16)

"...depois que ouvistes a palavra de verdade, o evangelho da tua salvação (...) fostes selados com o Espírito Santo da promessa...".   (Efésios 1:13)

Não existe nada que possa substituir o Evangelho, pois ele é o poder de Deus para a salvação. Temos visto este Evangelho ser substituído por entretenimentos na igreja, artifícios que não transformam ninguém, mas que vem iludindo a muitos.

Se queremos salvar e transformar vidas, precisamos pregar o Evangelho, uma ordenança deixada por Jesus. O que as pessoas precisam é ouvir o Evangelho!

 

AUTOR

 

Pr. Renato Corumbá 

Juiz de Fora, MG

quedizaescritura.blogspot.com.br

Por: Renato Corumbá

Publicado em 19/11/2016

Procedência - quedizaescritura.blogspot.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2021