Força para viver: O primeiro passo

 

FORÇA PARA VIVER

O PRIMEIRO PASSO

 

 

 

PERGUNTAS DIFÍCEIS

 

Existem questionamentos, neste mundo, que nem sempre suscitam respostas satisfatórias para os corações aflitos. Você poderá, por exemplo, juntar aleatoriamente 100 pessoas e fazer-lhes perguntas sobre economia, política, poluição, futebol, e a maioria delas daria a você uma opinião bem definida.

Se, porém, você perguntar a essas mesmas 100 pessoas se “Você irá para o céu quando morrer?”, a maioria delas responderá com graus variados de dúvida: “Não sei, não...”; “Estou me esforçando para isso”; “Não faço a mínima ideia...”; “Isso é uma coisa que ninguém pode saber”; ou “Não tenho certeza”. 

A maioria dessas 100 pessoas poderá até saber que passou por este mundo um homem muito especial chamado Jesus Cristo, e acreditar na existência de um Céu. No entanto, não saberá se vai ou não para o Céu.

 

QUAL SERIA A SUA RESPOSTA?  

 

Nós todos sabemos, com certeza, se estamos trabalhando ou se estamos ou não casados. A grande maioria, porém, não sabe se tem vida eterna ou não. A maioria das pessoas que viaja sabe qual será o seu destino, mas tente pergunte-lhes, todavia, qual o seu destino FINAL, onde vão viver a eternidade, e poucos saberão responder.

Esta incerteza provém de uma visão errada do que seja obter vida eterna e ir para o céu. Se você perguntasse a uma pessoa comum o que é preciso fazer para ter a vida eterna, sua resposta incluiria uma ou mais das frases abaixo:

 

—  Viver uma vida honesta;.

—  Obedecer os 10 Mandamentos;

—  Frequentar uma igreja e obedecer às leis de uma religião;

—  Amar ao seu semelhante;

—  Ser batizado e fazer a primeira comunhão;

—  Seguir os ensinos e o exemplo de Cristo.

 

Todas essas respostas indicam algo que o homem faz ou pelo menos tenta fazer. Elas refletem a ideia popular de que a vida eterna no céu é uma recompensa que o homem consegue na base do esforço próprio.

A Bíblia, porém, afirma claramente que não é possível ganhar um lugar no céu na base do esforço ou mérito próprio. A vida eterna não é uma recompensa por algo que tenhamos feito ou tentado fazer, mas um dom, um presente gratuito. “O dom de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6:23) “Pois pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2:8,9)

Enquanto pensarmos que precisamos conquistar nossa vaga na presença de Deus, nunca poderemos estar certos de que fizemos o bastante para merecer o Céu. Quase todos nós, quando conseguimos ser honestos conosco mesmos, admitimos que não somos suficientemente justos em comparação com os padrões perfeitos de Deus. Por isso, para muitas pessoas, dizer “Tenho certeza de que vou para o Céu” parece o máximo do orgulho e da arrogância. De fato, seria, se o céu fosse alcançado por meio de boas obras.

 

A ÚNICA RESPOSTA SEGURA

 

A Bíblia, contudo, ensina que jamais seremos bons o suficiente, que jamais trabalharemos o bastante para chegar ao céu, e que não precisamos de nada disso! Ao contrário, o que precisamos compreender é que Jesus abriu para nós a possibilidade do céu.  Não importa quão maus tenhamos sido, qualquer um de nós pode se candidatar. “Como?”, você pode perguntar.

Bem, a Bíblia afirma: “Ninguém será justificado diante dele [Deus] por obra da lei, em razão de que pela lei vem o pleno conhecimento do pecado. Mas agora, uma nova justiça, vinda de Deus, independente da lei, se manifestou [...] justiça de Deus mediante a fé em Jesus cristo para todos os que creem”. (Romanos 3:20-22)

Trocando em miúdos, Deus enviou Seu Filho, Jesus Cristo, para pagar a preço dos nossos pecados, os meus e os seus, através de Sua morte na cruz. Ele pagou completamente o preço de nossos pecados. Depois, Ele ressuscitou dos mortos e agora oferece vida eterna a você a mim como um presente. Se você reconhecer a sua necessidade de um Salvador divino e, confiando em Deus, aceitar pessoalmente o pagamento que Cristo fez por seus pecados para sua salvação, a questão do seu destino eterno estará definitivamente resolvida.

Este é o caminho, o único caminho, para quem quer saber com certeza se terá mesmo vida eterna.

 

VOCÊ TEM ESTA CERTEZA?

 

Se não tem, poderá ter aqui e agora! Como? A Bíblia diz o seguinte sobre Jesus: “Mas a todos quantos o receberam, Deus lhes deu o privilégio (o direito, a autoridade) de se tornarem filhos de Deus; a saber: aos que creem no seu nome.” (João 1:12)

Você já O recebeu? Como? Você ainda vai perguntar. Bem, vou responder comparando sua vida a uma casa. No último livro da Bíblia, Jesus disse: “Eis que estou à porta, e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei até ele, e com ele cearei, e ele comigo.” (Apocalipse 3:20)

A decisão é sua. Você é que tem que abrir a porta de sua vida para Cristo, colocando n’Ele a sua confiança quanto ao destino eterno de sua alma, ou seja, crendo em Jesus como o seu Salvador. Você está disposto a confiar assim em Jesus, deixando que Ele entre em sua vida e a transforme? Está disposto a colocar toda sua confiança n’Ele e não mais em suas boas ações?

Se está disposto a fazer isso, e se a seguinte oração expressa o desejo de seu coração, repita-a diante de Deus, mesmo que seja com suas próprias palavras:

 

Meu Deus, sei que sou pecador, incapaz de me salvar por minhas próprias forças. Eu creio que Tu me amaste e mandaste Jesus Cristo, Teu Filho, para morrer na cruz em meu lugar, para perdoar os meus pecados. Aqui e agora eu Te peço que perdoes todos os meus pecados e me dês o dom da vida eterna. Obrigado, meu Deus, por ouvires e responderes a minha oração, e por teres me dado a vida eterna como prometeste. Em nome de Jesus. Amém.

 

Concluindo, veja o que a Bíblia promete aos que confiam em Jesus como seu Salvador: “Estas coisas eu escrevi a vocês que creem no nome do Filho de Deus para que você saibam que têm vida eterna.” (1 João 5:13 — Paráfrase)

 

AUTOR

Arthur DeMoss (1925-1979)

Por: Arthur DeMoss

Publicado em 22/05/2017

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2022