Poemas

 

 

POEMAS 

 

 

 

 

Nesta seção, apresentaremos uma série de poemas e reflexões que tivemos o cuidado de guardar durante nossos momentos de leitura e deleite espiritual. Compartilhamos com as pessoas que nos acompanham neste website, para que nosso prazer seja dividido com elas. São textos, poemas, frases rimadas, enfim, nada planejado, mas de bom gosto. 

 

A CRIANÇA E O HOMEM

(Autor desconhecido) 

 

Eu vi uma criança chorando e um homem sorrindo;

Eu vi uma criança a verdade falando, e um homem mentindo;

Eu vi uma criança pobre orando e um homem rico pecando;

Eu vi uma criança simples desejando paz na terra e um homem importante declarando a guerra;

Eu vi uma criança querendo viver para amar e um homem querendo viver para matar;

Eu vi uma criança na roça trabalhando e um homem na cidade assaltando;

Eu vi uma criança pedindo um pedaço de pão e um homem alimentando o seu cachorro de estimação;

Eu vi uma criança sem dinheiro morrendo e um homem com dinheiro armas fazendo;

Eu vi uma criança implorando “Quero viver!” e um homem determinando: “Deixe-a morrer!”

Eu vi uma criança nascendo de um momento de prazer e um homem afirmando: “Sou macho, que posso fazer?”

Eu vi uma criança órfã de pais com vida e um homem se prostituindo na avenida;

Eu vi uma criança com a roupinha rasgada e um homem corrupto de paletó e gravata;

Enfim, eu vi uma criança aproximando-se da cruz no momento em que um homem se afastava de Jesus.

 

 

COLABORAR COM DEUS

(Autor desconhecido)

 

 

Só Deus pode criar, mas você pode valorizar a criação.

Só Deus pode dar vida, mas você pode transmiti-la.

Só Deus pode dar saúde, mas você pode dar remédios.

Só Deus pode dar força, mas você pode usá-la na fraqueza.

Só Deus pode dar fé, mas você pode dar testemunho.

Só Deus pode dar amor, mas você pode ensinar a amar.

Só Deus pode dar a paz, mas você pode ajudar na pacificação.

Só Deus pode dar alegria, mas você pode sorrir e cantar.

Só Deus pode fazer milagres, mas você pode anunciá-los.

Só Deus é o caminho, mas você pode caminhar junto.

Só Deus é vida, mas você pode vivê-Lo.

Só Deus é luz, mas você pode fazê-la brilhar.

Só Deus pode chamar você, mas você pode chamar os outros

 

AÇÃO DE GRAÇAS

(Michel Quoist)

 

É maravilhoso, Senhor,

ter braços perfeitos quando há tantos mutilados; 

ter olhos perfeitos quando há tantos sem luz; 

minha voz que canta quando tantas emudeceram; 

minhas mãos que trabalham quando tantas mendigam; 

voltar para casa quando tantos não têm para onde ir.

 

É maravilhoso, Senhor,

amar, viver, sorrir, sonhar

quando há tantos que choram, odeiam,

revolvem-se em pesadelos,

morrem antes de nascer.

 

É maravilhoso, Senhor,

ter um Deus para crer

quando há tantos que não têm

o consolo de uma crença.

 

É maravilhoso, Senhor,

ter tão pouco a pedir,

tanto a oferecer e agradecer.

 

 

COMPANHEIRO PERMANENTE

(Autor desconhecido)

 

Já é noite... Como o tempo passou!

Quando você se levantou pela manhã, eu já havia preparado o sol para aquecer o seu dia e o alimento para o seu café da manhã. Sim, eu providenciei tudo isso enquanto vigiava e guardava o seu sono, a sua família e a sua casa. Esperei pelo seu “Bom Dia!”, mas você se esqueceu de dar. Bem, você parecia estar com tanta pressa, que eu perdoei. 

O sol apareceu, as flores deram o seu perfume, a brisa da manhã lhe acompanhou e você nem pensou que eu é que havia preparado tudo isso pra você. Seus familiares sorriram, seus colegas lhe saudaram, você trabalhou, estudou, viajou, realizou negócios, alcançou vitórias, mas você nem percebeu que eu estava cooperando com você e mais teria ajudado, se você tivesse me pedido. Está bem, eu sei. Você corre tanto! Mas eu te perdoo.

Você leu bastante, ouviu muita coisa, viu mais ainda e não teve tempo de ler ou ouvir a minha Palavra. Eu quis falar, mas você não parou para ouvir. Eu quis até lhe aconselhar, mas você nem pensou nessa possibilidade. Seus olhos, seus pensamentos, seus lábios seriam melhores, o mal seria menor e o bem seria muito maior em sua vida. 

A chuva que caiu à tarde foram as minhas lágrimas por sua ingratidão, mas foram também a minha bênção sobre a terra, para que não lhe falte o pão e a água. Você trabalhou, ganhou dinheiro, que não foi mais porque você não me deixou ajudar. Mais uma vez você se esqueceu de mim. Esqueceu que eu desejo sua participação no meu Reino, com a sua vida, com o seu tempo, seus talentos e seu dinheiro também. 

Findou o seu dia. Você voltou para casa. Mandei a lua e as estrelas tornarem a sua noite mais bonita, para lembrar-lhe do meu amor por você. Certamente, agora, você vai dizer um “Obrigado e boa Noite!”, mas... Hei! Psiu! Está me ouvindo?  Já dormiu... Que pena! Durma bem! Eu ficarei velando por você por mais uma noite.   

                                                                                   Jesus.

 

DESIDERATA

 

Esta reflexão foi encontrada em 1684, numa igreja, cujo autor é desconhecido, mas que deixa uma grande mensagem de fé e coragem.

 

 

Siga tranquilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se de que há sempre paz no silêncio. 

Tanto quanto possível, sem humilhar-se, viva em harmonia como todos os que o cercam.

Fale a sua verdade mansa e claramente e ouça a dos outros, mesmo dos insensatos e ignorantes, pois eles também têm sua própria história.

Evite as pessoas agressivas e transtornadas, pois elas afligem o nosso espírito.

Se você se comparar com os outros, você se tornará presunçoso e magoado, pois haverá sempre alguém inferior e alguém superior a você.

Você é filho do universo, irmão das estrelas e árvores, você merece estar aqui, e mesmo se você ao pode perceber, a terra e o universo vão cumprindo o seu destino.

Viva intensamente o que já pode realizar. Mantenha-se interessado em seu trabalho, ainda que humilde; ele é o que de real existe ao longo de todo o tempo.

Seja cauteloso nos negócios, porque o mundo está cheio de astúcias. Mas não caia na descrença: a virtude existirá sempre.

Muita gente luta por altos ideais e em toda parte a vida está cheia de heroísmo.

Seja você mesmo. Principalmente não simule afeição nem seja descrente do amor porque mesmo diante de tanta aridez e desencanto ele é tão perene quanto a relva.

Aceite com carinho os conselhos dos mais velhos, mas também seja compreensivo aos impulsos inovadores da juventude.

Alimente a força do espírito que o protegerá no infortúnio inesperado; mas não se desespere com perigos imaginários: muitos temores nascem do cansaço e da solidão.

E a despeito de uma disciplina rigorosa seja gentil para consigo mesmo.

Portanto, esteja em paz com Deus, como quer que você o conceba. E quaisquer que sejam seus trabalhos e aspirações da fatigante jornada pela vida, mantenha-se em paz com sua própria alma.

Acima da falsidade, dos desencantos e agruras, o mundo ainda é bonito.

Seja prudente e faça tudo para ser feliz.

Você é filho do Universo, irmão das estrelas e das árvores.

Você merece estar aqui.

 

COMPLEXO DE INFERIORIDADE

(Extraído do livro “Pão Diário”)

 

 

Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim". (Isaias 6:8) 

 

Era uma vez uma caixa de madeira que continha as pedras de um jogo de xadrez. Estavam todas misturadas: brancas, pretas, peões, reis, rainhas, bispos, etc. Num dado instante, um dos peões começou a lamentar o fato de ser a peça de menor valor no tabuleiro. Caminhava somente uma casa e não rápido para todos os lados como a rainha, que era uma peça terrivelmente perigosa para o adversário. 

Este lamento crescia em veemência e em intensidade. O mestre enxadrista, sentado ao lado da caixa, não resistiu à lamúria, abriu a caixa, dispôs todas as pedras no tabuleiro e iniciou um jogo com um adversário fictício, que era tão mestre quanto ele. 

Num dado momento do jogo, utilizando aquele peão, deu um xeque-mate ao rei adversário, pondo fim à partida. Procurou mostrar ao peão lamuriante que ele, quando usado pelo mestre, pode ser a peça chave do jogo. Mostrou também que o mesmo artesão havia feito todas as outras peças, com o mesmo carinho, cuidado e amor. 

 Quantos de nós, alimentamos este fantasma chamado de complexo de inferioridade. Sempre identificamos em nós falsos defeitos, fraquezas e incompetência, como o peão. Dependendo de quem nos está usando, podemos fazer diferença. Precisamos nos deixar usar pelo Mestre, para que Ele faça de nós algo que resulte em diferença. 

Grandes homens de Deus reconheceram que também eles sofriam com esse fantasma. Moisés queixou-se que tinha a língua presa e, portanto, não poderia ser um líder. Realmente, se dependesse dele, seria um desastre. O sucesso ficou por conta de se deixar usar por Deus, como um vaso útil que Ele faz de um punhado de barro. 

Nas mãos de Deus, um punhado de barro se transforma num vaso de bênçãos.

 

AÇÃO DE GRAÇAS

 (Luiz Gonzaga Figueiredo)

 

Pelas horas de ventura, pelo riso de ternura, pela ternura da flor, pelo fim de alguma espera, pelo mundo em primavera, muito obrigado, Senhor.

Pelas horas de alegria, pelo sol que enfeita o dia, pela beleza do amor, pelo riso de bondade, pela sincera amizade, muito obrigado, Senhor.

Pelas horas de amargura, pelo peito em desventura, pela presença da dor, pelo espírito mais agudo, pelo sentimento mudo, muito obrigado, Senhor.

Pelas estrelas do Norte, pela vida, pela morte, pela tristeza e temor, pelas noites tão sem sono, por tudo, pelo abandono, muito obrigado, Senhor.

 

JOGUE FORA!

 (Pe. Roque Schneider)

 

INVEJA é um fruto azedo. Não o prove. Dá indigestão, dor de dentes,

ÓDIO é um túnel escuro, sem saída. Não entre! Você morrerá asfixiado ali;

FOFOCA é uma arma envenenada de dois gumes: apunhala a vítima e o assassino. Cuidado! Não brinque com ela.

GARGALHADA é ma criança chata, sem educação. Precisa aprender um tratamento de boas maneiras;

PEDANTISMO é papo furado. Barulhento como lata vazia, faz publicidade para chamar a atenção;

VAIDADE é uma planície querendo bancar uma montanha; um riacho sonhando ser mar. Pretensão ridícula;

ORGULHO, pobre coitado! Não perdoa a Deus um detalhe: não tê-lo consultado na criação do mundo.

 

Cuidado, pois todos eles são inimigos. Jogue-os fora pela janela do bom-senso ou pela porta da humildade.

 

 

ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO

 (Fonte desconhecida)

 

 

Senhor, fazei-me um instrumento de vossa paz!

Onde houver ódio, que eu leve o amor;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erro, que eu leve a verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

 

Ó, Mestre,

Fazei que eu procure mais consolar que ser consolado;

Compreender, que ser compreendido;

Amar, que ser amado,

Pois é dando que se recebe,

É perdoando que se é perdoado,

E é morrendo que se vive para a vida eterna.

 

 

SALMO 23

(Extraído da Bíblia Sagrada)

 

 

O Senhor é meu Pastor

                 ISSO É REVELAÇÃO

Nada me faltará.

                 ISSO É PROVISÃO 

Ele me faz repousar em pastos verdejantes,

            ISSO É SERENIDADE

Guia-me mansamente a águas tranquilas,

            ISSO É FÉ

Refrigera a minha alma. 

            ISSO É SAÚDE

Guia-me pelas veredas da justiça,

            ISSO É DIREÇÃO

Por amor do Seu nome.

            ISSO É PROPÓSITO

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte,

            ISSO É PROVAÇÃO  

Não temeria mal algum,

           ISSO É PROTEÇÃO

Porque Tu estás comigo;

           ISSO É FIDELIDADE

O Tua vara e o Teu cajado me consolam.

           ISSO É DISCIPLINA

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos.

           ISSO É ESPERANÇA

Unge a minha cabeça com óleo;

          ISSO É CONSAGRAÇÃO

O meu cálice transborda.

          ISSO É ABUNDÂNCIA

Certamente que a bondade e o amor me seguirão todos os dias da minha vida,

          ISSO É BÊNÇÃO

E habitarei na Casa do Senhor

          ISSO É SEGURANÇA

Para sempre.

          ISSO É ETERNIDADE

 

Deus já pensou em tudo. Ele está no controle da nossa vida, da nossa saúde e das nossas emoções.  Por que será que lutamos tanto para nos entregar ao Criador de todas as coisas?

 

 

PEGADAS NA AREIA

(Autor desconhecido)

 

 

Uma noite eu tive um sonho. Sonhei que estava andando na praia, com o Senhor, e através do céu passavam cenas da minha vida. Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era o meu e o outro era o do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, para as pegadas na areia e notei que, muitas vezes, no caminho da minha vida havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso entristeceu-me deveras, e perguntei então ao Senhor:

“Senhor, Tu me disseste que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo todo o caminho, mas notei que durante as maiores tribulações do meu viver havia na areia dos caminhos da vida, apenas um par de pegadas. Não compreendo por que, nas horas que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixastes.”

E o Senhor me respondeu: “Meu precioso filho: Eu te amo e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento. Quando vistes na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que Eu ia te carregando nos meus braços.”

 

 

ENTRE VOCÊ E DEUS

  (Teresa de Calcutá)

 

 

Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas. 

          Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro. 

         Seja gentil assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros. 

        Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo. 

        Seja honesto assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra. 

        Construa assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja. 

        Seja feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante. 

        Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja você que, no final das contas, é entre você e Deus. 

        Nunca foi entre você e as outras pessoas.

 

 

QUANDO DEUS AMANHECE

(Wilson João)

 

 

Quando Deus amanhece na vida da gente, é como o sol que nasce depois de uma noite sem lua e sem estrelas.

Quando Deus amanhece na vida da gente, é como o sol que aparece depois de dias e dias de tempo chuvoso e tempestuoso em que se sente a vida tornar-se monótona e sem brilho.

Nem todos experimentam a necessidade de sentir Deus nascer em sua vida.

As trevas cansam. A noite torna as pessoas cegas. Você já imaginou nossa vida sem sol? Que todos os dias fossem noites?  Você já imaginou as noites sem luz? As casas sem iluminação, as cidades às escuras, o céu sem lua e sem estrelas?

Sem luz esta vida seria um desespero, ou pior, seria uma morte completa. Nem as árvores conseguem viver sem luz. Aos poucos definham e morrem.  Nem os animais vivem sem luz. Como viveriam sem a pastagem que depende da luz do sol?

Muita gente vive nas trevas. Sua vida é uma noite sem fim. Uns gostariam de encontrar a luz, outros detestam qualquer sinal de luz.

Quando Deus amanhece na vida da gente é como o sol de primavera que aparece no horizonte iluminando a noite.

Quando Deus amanhece na vida da gente, as noites têm significado porque dão ocasião a um lindo amanhecer; os caminhos tem sentido, porque levam onde moram os homens; a flor tem sentido, porque é um reflexo do rosto de Deus; o trabalho é uma alegria, porque as mãos fazem belezas que podem unir os homens; as casas são ninhos onde pessoas se amam; a criança é uma notícia porque é mais um pedacinho de vida neste mundo de harmonia.

Quando Deus amanhece na vida da gente, tudo é um caminho só, uma estrela só, um endereço; tudo vem e vai para Deus. E os espinhos se tornam flores.

Quando Deus amanhece na vida da gente, o céu se torna nossa casa e nela podemos morar eternamente.   

 

 

NINGUÉM PODE TE AMAR 

COMO JESUS TE AMA

(Nélson Ned)

 

 

O coração humano não tem capacidade de dar o amor que você precisa para ser feliz. A limitação do coração humano é grande, pois ele não pode fazer nada por si mesmo. Ele dependerá sempre de um outro coração que o ajude e que igualmente o ame, para que ele possa também ser feliz. 

Nessas condições, o coração humano está sempre sujeito às limitações de um outro, às vezes até mais frágil e muito mais carente que o nosso próprio coração, aumentando, assim, cada vez mais o círculo vicioso da infelicidade.

Um carente procura outro carente; um frágil se apoia em outro frágil, na esperança que cada um dê ao outro a felicidade que ambos não têm. O resultado disso é a queda, pois estamos nos apoiando em algo sem sustentação em si mesmo.

Da mesma forma, quando alguém quer fazer de nós a sua fonte de felicidade, colocando em nossas mãos a sua enorme necessidade de ser feliz, e nós  -  eu e você - que também estamos precisando desesperadamente de felicidade, nos sentimos confusos e impotentes.

É nesse momento de angústia e solidão, que devemos nos lembrar daquela frase: “Jesus te ama!”  Sim, Jesus te ama, e com um amor que nasce não do coração humano, mas do coração de Deus! Ninguém pode te amar como Jesus te ama, simplesmente porque Jesus não tem amor, Ele é o amor, o verdadeiro amor, que não pode ser encontrado no coração humano, pois vem do Alto, é espiritual, sobrenatural, sagrado.

Jesus não esperou ser amado por você para também te amar; Ele já te ama, agora, ontem, amanhã e sempre! O Seu amor divino não estabelece condições ou imposições para te amar. Jesus te ama como você é!  Para Ele, você não é feio ou bonito, grande ou pequeno, branco ou negro, rico ou pobre, jovem ou velho, pois Jesus não olha a sua aparência, mas Ele vê o seu coração.

E é ali, no seu coração, que Ele quer habitar, para lavar as suas feridas, tirar toda a amargura, secar as suas lágrimas e limpar as cicatrizes da sua alma, porque você é importante demais para Ele.

O coração humano não tem culpa por ser limitado; se alguém não deu a você a felicidade que você esperava, é porque ninguém pode dar aquilo que não tem. 

Mas, quando você aceitar receber em seu coração esse amor que perdoa, esse amor que não cobra, esse amor que dá a paz, a alegria, o seu coração humano será transformado em um coração espiritual, pois nele habitará o amor de Jesus Cristo.

Então você vai começar a olhar, a perdoar e a amar como Jesus. E, finalmente, você vai encontrar aquilo que tanto você procurava, a felicidade, pois só o amor de Jesus Cristo tem a capacidade de dar tudo que precisas para ser feliz. 

 Olha, ninguém pode te amar como Jesus te ama.

 

 

JESUS, O PROFESSOR DOS PROFESSORES 

(Pr. Anísio Chagas)

 

 

Jesus Cristo é o príncipe dos professores. Ele foi chamado de Mestre, Ele é chamado de Mestre. A ênfase de Cristo era o ensino. O que chamamos de “Sermão do Monte”, na verdade, foi o Ensino do Monte, pois o texto de Matheus 5:2 começa assim: “E ele se pôs a ensiná-los, dizendo...” No monte, Cristo não pregou, mas ensinou. 

No Novo Testamento a palavra cristão aparece apenas três vezes, sendo uma vez no sentido pejorativo. Mas a palavra discípulo, que significa “aluno” ou “aprendiz”, referindo-se aos seguidores de Cristo, é empregada 243 vezes. “Ide e fazei discípulos” foi a ordem que Jesus deixou. Richardson afirmou: “A maior glória da profissão do mestre está no fato de haver Jesus Cristo escolhido ser mestre, quando se viu face a face com aquilo que tinha de realizar na vida.”

Lemos em João 2:25 que Jesus “conhecia a natureza humana”. Ele era o maior psicólogo que este mundo conheceu. Na época, quando o ensino era cansativo, anacrônico e repugnante, Jesus usou o melhor método que provocava maiores motivações. A metodologia de Cristo supera a de Buda, Confúcio, Sócrates ou quaisquer outros expoentes da humanidade em matéria de ensino. Segundo escreveu Hinmsdale, “Do ponto de vista pedagógico, a intuição de Jesus foi elemento primordial de sua maravilhosa eficiência como Mestre.”

Ele usou as parábolas, facilitando a compreensão dos temas profundos que ensinava. A primeira vez que Jesus foi à Sinagoga e deu a sua mensagem, o contraste foi flagrante, comparando com o formalismo massacrante dos sacerdotes, escribas e fariseus. Sua palavra era viva, interessante e poderosa. Disse alguém: “Ensinar é meter fatos na mente de um aluno, como deitar milho na tulha. Só é ensino aquele que encontra expressão na vida diária. Ensinar não prepara uma mente, mas uma vida.” 

Neste sentido o Mestre deu-nos um grande exemplo. Ele transformou a vida de seus discípulos, antes homens obstinados, rebeldes e pecadores. Pedro, Thiago, João e os demais apóstolos eram homens imperfeitos, mas foram regenerados em contato com o Rabi, o grande professor. 

Cada professor contemporâneo deve receber esta inspiração e ter a Jesus como modelo. Inspirado em Jesus Cristo foi que João Amós Comenius se tornou um grande educador. Estudioso da Bíblia, o professor eslavo (1582-1670), chamado de O Mentor das Nações, escreveu a “Didática Magna”, livro que ainda hoje é usado nos cursos de Pedagogia. Contemplando a Jesus, imitando e copiando os Seus métodos, as escolas poderão transformar a sociedade humana nestes dias tão infaustos.

Carlos Kent comenta os objetivos de Jesus ao ensinar: “Livrar os homens de cederem às tentações que sorrateiramente assaltam a cada homem e a cada mulher; ajudá-los a vencer as paixões que se precipitam sobre eles; libertar o altivo coletor de sua ganância; a mulher da rua, daquelas influências que quase irresistivelmente a prendem e arrastam.”  

 Ele foi bem-sucedido e todo professor o será também se resolver imitar o Rabi da Galiléia.

 

 

Por: elevados.com.br

Publicado em 13/06/2017

Procedência - www.elevados.com.br

Todos os direitos reservados ©elevados.com.br 2013 - 2021